4 on 4: April

Mais um mês se passou! Novamente, as fotos foram tiradas meio na correria - pelo menos consegui editá-las toscamente no VscoCam. Por coincidência, o tema ficou igual ao do mês passado, só que em ordem inversa: praia e livros. Mas não fico nem um pouco insatisfeita com isso 



Ubatuba - SP.




Confiram agora as fotos das meninas: , Bru e Nana.


4 on 4: March

Mais um projeto especial com outras 5 meninas lindas dessa internet! A ideia é que, todo dia 5 de cada mês, cada uma de nós poste 5 fotos. Para começar, o tema era livre -  e adiamos a postagem por causa do feriado. Update: uma das participantes desistiu e agora o projeto é 4 on 4 xD

As fotos estão com qualidade duvidosa porque tirei todas no celular e, no momento, não tenho qualquer programa de edição. Por favor, relevem.





Meu feriado começou com café e livraria em São Paulo e terminou com esse pôr do sol em Ilhabela, com o namorado. Eu realmente só tenho a agradecer  ♥ 

Confiram agora as outras fotos! , Bru, Rai e Nana.

Sobre organização #1

Então vamos ao meu diário de organização. 
Já faz pelo menos três anos que eu acompanho o blog Vida Organizada, e a Thais provavelmente é a inspiração pessoal de muitos de vocês, também (aliás, li seu livro e recomendo). Acho muito legal a funcionalidade do método GTD (Getting things done) e pretendo tornar-me uma de suas usuárias um dia, mas por enquanto não me adaptei à sua "complexidade"... Cheguei até a montar o esquema todo no Evernote, seguindo o guia, mas só consegui perder arquivos importantes graças a um erro de sincronização (continuo muito chateada com isso, ainda mais considerando que publiquei até um artigo indicando a ferramenta). 

Enfim. Confesso que tinha um certo preconceito em relação ao ZTD (Zen to done), que me parecia um "GTD para preguiçosos". Mas cada um tem sua própria forma de organização, certo? Então, com os posts da Rita, do The Busy Woman and The Stripy Cat, pude melhorar essa primeira impressão. Reli o livro do Leo Babauta (em pdf, na época gratuito) e percebi que, em essência, eu já aplico intuitivamente a versão minimalista do método.

Decidi que, a princípio, não vou forçar coisas demais, porque se eu me colocar inúmeros passos e hábitos de uma só vez, vou acordar meu bichinho da ansiedade e ficar frustrada. O que eu tenho feito é manter sempre uma lista como caixa de entrada, anotando tudo o que preciso fazer. Depois, faço o "processamento", delegando dias para realizar as tarefas. Acabo não descartando quase nada porque, na hora de anotar, eu já filtro o que realmente precisa ser feito. 

Em relação aos projetos (tarefas que demandam mais de uma ação), tem me ajudado bastante anotar cada etapa separadamente. Assim, sei exatamente o que fazer a seguir, sem me prender a uma ideia abstrata, e não me sinto tão inútil enquanto não termino tudo, pois estou "em progresso" (ha!).

Consegui realizar várias pendências, inclusive a mais procrastinada ultimamente, que era um declutter total no guarda-roupa - só falta entregar o que vai para a doação. Agora, a meta de Março é me disciplinar mais para, de fato, cumprir as tarefas no dia que eu delego para elas xD

Conto para vocês no próximo post!